quarta-feira, 18 de agosto de 2010

INCA RJ pede socorro!!! Ajude!!!

Amigos corredores (ou não) do Rio de Janeiro que visitam este blog, gostaria da ajuda de vocês para algo que muita gente não dá importância: a doação de sangue.
Eu sou doador de sangue regular e uma queixa que sempre ouço dos bancos de sangue é que não há doadores voluntários. Em uma das minhas doações, quando cheguei (era um dia 25 do mês) a enfermeira que me atendeu perguntou para quem eu estava doando e eu respondi que era voluntário, na mesma hora ela gritou pro pessoal lá de dentro: "Pessoal, nosso primeiro doador voluntário no mês.". Não sei se foi brincadeira ou não, mas o fato é que só nos dispomos a doar sangue quando alguém da nossa família precisa. Portanto, abaixo transcrevo um e-mail que recebi de um amigo que é farmacêutico ( Massafera ) e que alerta para a necessidade que o INCA-RJ está passando, eu posso afirmar que a quantidade de pessoas atendidas por dia, passa dos milhares, sei disso porque meu sogro está com câncer na laringe ( devido o cigarro ) e todos os dias ele vai lá, eu já fui diversas vezes e sei o drama que é, quando você vai para ser atendido e por algum motivo (a falta de sangue por exemplo) o paciente não é atendido. Por favor se podes doar, doe. Pois uma bolsinha de sangue ( em torno de 450 ml ) pode salvar a vida de pelo menos 5 pessoas.
O Instituto Nacional do Câncer - INCA - está precisando urgentemente de doadores de sangue.
O banco de sangue está quase vazio e o Hospital enfrenta dificuldades, até para marcar cirurgias, muitas vezes, precisando recorrer a outros bancos de sangue da cidade, que também passam pela mesma dificuldade: falta de doadores.
A transfusão de sangue para pessoas com câncer é muito importante.
Sem ela, muitos pacientes não conseguiriam sobreviver aos tratamentos que envolvem drogas pesadas.

NÃO vá em jejum, alimente-se de coisas leves e não gordurosas (evite derivados de leite), evite o álcool por pelo menos 12 horas.
Você deve estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 60 anos e pesar 50kg ou mais.

Para doar, basta chegar na portaria do Hospital com sua carteira de identidade ou qualquer documento similar, apresentando- se como doador
Mesmo que você não possa ou não esteja interessado em realizar a doação não deixe de repassar essa mensagem para seus amigos.
É uma causa importante, todos podem colaborar de alguma maneira.
RIO DE JANEIRO
Hospital Universitário Graffree e Guinle
Rua Mariz e Barros, 775 - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ CEP: 22290-240

Hospital Mário Kroeff - Associação Brasileira de Assistência ao Câncer Rua Magé, nº326 - Penha Circular - Rio de Janeiro-RJ
CEP 21020-130

Instituto Nacional de Câncer - INCA - Hospital do Câncer I
Pça. Cruz Vermelha, 23 - Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20230-130
Instituto Nacional de Câncer - INCA - Hospital do Câncer II
Rua Equador, 831 - Santo Cristo - Rio de Janeiro-RJ
CEP 20220-410

Instituto Nacional de Câncer - INCA - Hospital do Câncer III
Rua Visconde de Sta. Isabel, 274 - Vila Isabel -Rio de Janeiro-RJ
CEP 20560-120

Hospital Universitário Clementino Fraga Filho-UFRJ
Avenida Brigadeiro Trompowski, s/n - Ilha do Fundão - Rio de Janeiro–RJ
CEP 21949-900

Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ
Avenida 28 de setembro, 77 - Vila Isabel - Rio de Janeiro-RJ
CEP 20555-030

Instituto de Hematologia do RJ - Hospital de Hematologia - HEMORIO
Rua Frei Caneca, 8 - Centro - Rio de Janeiro-RJ
CEP 20211-030

Hospital Universitário Antonio Pedro - UFF
Rua Marques do Paraná, 303 - Centro - Niterói-RJ
CEP 24030-210

Hospital Universitário de Nova Iguaçu
Avenida União, 673 - Nova Iguaçu–RJ

Instituto Oncológico Ltda.
Rua Dr. Barros Junior, 1135 - Nova Iguaçu-RJ
CEP 26215-070

2 comentários:

Escritos Greice disse...

Legal, Jeff!!!
;)

Jack disse...

É isso ae Jeff! Boa ação faz parte da vida de todo cidadão, principalmente os que se preocupam com a saúde, como nós!
Aqui na minha cidade (Franca/SP), fizemos por três anos seguidos uma campanha de doação na cidade. Fizemos sempre no mês do frio (maio) e conseguimos quatro vezes mais doadores do que eles tinham normalmente. Este sangue que receberam através da nossa campanha pela rádio ajudou a suprir as necessidades do banco de sangue local e de uma grande região, chegando até Campinas, por quase três meses. É muito importante mesmo! Uma pena que as pessoas doem apenas quando um ente querido precisa!
Um grande abraço e boas passadas!

Postar um comentário