quinta-feira, 2 de abril de 2009

Não ultrapasse a Faixa Amarela

Não que eu seja socialista, mas capitalismo pra que? Somente quem tem dinheiro é que se dá bem nesse sistema econômico. Por quê estou escrevendo sobre isso? Porque a nossa sociedade é corrupta, mal-educada, gosta de não cumprir as leis e adoram a Lei de Gerson*.

Ontem pela manhã indo para o trabalho, obtive mais alguns exemplos do que estou falando. Primeiro no metrô alguns marmanjões correram e sentaram nos bancos primeiro que muitas mulheres, inclusive senhoras. Depois na hora de sair do metrô para trocar de linha, a área destinada a saída do metrô estava tão lotada quanto a área para entrar, pois um bando de "expertinhox" queria aproveitar que o lado da saída abre primeiro, para entrar e escolher o lugar, o detalhe é que sai uma multidão que fica naquele empurra-empurra desnecessário, realmente lamentável a falta de educação. Outro ponto interessante ainda no metrô é que aqui no Rio de Janeiro, o Metrô Rio destina um carro só para mulheres nos horários de picos, mas o que se vê é que não há nenhum tipo de fiscalização ou mesmo "semancol", pois o carro das mulheres vive cheio de homens... incrível né!? Ah, ia me esquecendo do sempre ignorado aviso de "Não ultrapasse a faixa amarela...".

Seguindo do metrô para o trabalho ando em torno de 15 minutos, no caminho tinha um menino de aproximada-mente 10 anos, dormindo na calçada enrolado numa camiseta maior que ele. Nesse momento pensei onde é que fica aquela grana toda do PIB que teoricamente é do povo, afinal o nosso governo é democrático, que poderia com certeza dar um lugar melhor pra esse menino dormir? Não sabemos né!? Neste mesmo instante pensei em meus filhos, para os quais dedico todo meu esforço dia-a-dia para que tenham onde reclinar a cabeça e tenham o que comer e vestir.
Penso o quanto gostaria de ter para tornar a vida deles e a minha também melhor.
Para finalizar os exemplos, eu entrei na empresa de mochila e nenhum dos guardas me revistou ou pediu para verificar minha mochila, isto é, se sou um terrorista com uma bomba dentro da mochila, eu tinha entrado plantado a bomba e saído e com certeza e nenhum deles teria percebido. Culpa de quem? Deles? Da empresa deles que não os treinou direito? Culpa desta empresa que não exigiu isso quando terceirizou a segurança? Creio que cada um tem sua parcela de culpa, os guardas por fazerem o trabalho de qualquer jeito, sem se preocupar com o objetivo de seu trabalho, a empresa deles que não os orientou e não verifica se este tipo de procedimento é realizado, da empresa que terceirizou a segurança que se preocupou simplesmente com os valores e não com a qualidade dos serviços prestados e culpa minha de não mostrar minha mochila quando entrei, mesmo sem eles pedirem.
Concluindo, ainda acho se queremos mudar o mundo, temos de começar em nós pois se ficarmos com aquele pensamento de esperar mais alguém pensar ou fazer a mesma coisa que nós, estamos condenados a ter um mundo pior a cada dia.

2 comentários:

Thais disse...

caracaaa!!essa do mêtro foi boa!!hehe
e tem pessoas que não ligam pra estes avisos!!

Matheus ™ disse...

Blog legal, me deparei com ele no Google :D

Postar um comentário